Assim como no primeiro turno, o título de eleitor não é um documento obrigatório e, sozinho, não serve como documento para votar no próximo domingo (30), data do segundo turno das Eleições 2022. Neste ano, serão disputados o cargo de presidente da República, em todo o país; e governador, em 12 estados.

Para votar, os eleitores devem levar para a seção eleitoral um documento oficial com foto. Serão aceitos:

Carteira de identidade
CNH
Identidade social
Passaporte
Carteira de categoria profissional reconhecida por lei
Reservista
Carteira de Trabalho

Apesar da não obrigatoriedade, a Justiça Eleitoral recomenda que os cidadãos também levem os títulos de eleitor ou sua versão digital (e-Título) para votar, já que nele constam informações sobre a zona e seção eleitoral, o que pode facilitar o processo. O título eleitoral, no entanto, deverá sempre ser apresentado junto com um dos documentos oficiais com foto citados acima.

img 3648