A aposentada Sônia Regina mora no distrito de Palmeiras, em Suzano, e depende de ônibus para quase tudo. Ela conta que sempre que tem de pegar o transporte já sabe que vai precisar ter paciência.

“Muito demorado. Às vezes você tem, para sair você não sai, porque você fica no ponto 40 minutos. Não passa, sabe? E você acaba desistindo. Ou quando você vai em Suzano, você está com peso, aí fica ônibus. Quando vem, vem cheio, cheio, cheio, que você não aguenta nem andar”, disse a moradora.
As moradoras ainda não sabiam do local do novo terminal, quando ficaram sabendo. Não gostaram muito da ideia, mas estão na torcida para que o serviço melhore.

“Faz tempo que eu estou ouvindo essa conversa do terminal. Só que assim: não adianta eles fazerem um terminal bonito e fazer uma coisa bonita e ficar assim. A gente no tempo, no ponto de ônibus no tempo, entendeu? Porque o ponto de ônibus cobre a cabeça da gente. Com chuva, a gente fica na chuva?”, disse a dona de casa Márcia de Souza.

img 0435