Servidores do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Mogi das Cruzes flagraram nesta terça-feira (6) eletrônicos em uma correspondência enviada pela mãe de um detento que cumpre pena na unidade prisional.

Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), durante a inspeção dos itens enviados por familiares de presos, policiais penais do CDP encontraram uma placa eletrônica com bateria para celular e um chip de telefonia móvel.

A correspondência tinha como remetente o nome de uma mulher de 43 anos, mãe de um detento. Os equipamentos estavam escondidos no fundo de uma sacola.

img 0443