Na primeira sessão ordinária após o recesso parlamentar de julho, os vereadores de Arujá aprovaram em 1ª votação, três projetos de lei que preveem a abertura de créditos suplementares aos cofres municipais, que totalizam mais de R$ 5,6 milhões.

O PL 89/2022 refere-se a créditos, no valor de 597,9 mil, do Fundo Nacional de Saúde e emenda parlamentar; o PL 91/2022, de R$ 50 mil, é oriundo de emenda parlamentar estadual e o PL 92/2022, no valor de R$ 5 milhões, vem da Secretaria de Estado da Saúde.

Também na Ordem do Dia, foi aprovada em única votação a redação final ao PL 121/2022, de autoria dos vereadores Paulinho Maiolino e Prof.ª Cris do Barreto, ambos do PSD, que garante prioridade em programas habitacionais do município às mulheres de baixa renda vítimas de violência doméstica, criando uma reserva de 5% das unidades a este público.