O trabalho social voluntários dos obreiros da Igreja Universal foi ressaltado nos discursos durante a sessão solene realizada hoje (19), na Câmara de Suzano. A cada ano, é feita uma homenagem aos obreiros da igreja com a entrega de honraria, como forma de reconhecimento pelos trabalhos voluntários desenvolvidos em projetos sociais.

 

O representante da igreja, o pastor Marcos Valério Júnior, disse que os obreiros têm responsabilidade de prestar “bom testemunho” em todos os setores da vida.

 

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, enviou um vídeo para prestar homenagem, já que não pode comparecer pessoalmente. Ele agradeceu o apoio que a cidade teve dos obreiros durante a pandemia da Covid-19.

 

O presidente da Câmara de Suzano, Leandro Alves de Faria (PL), o Leandrinho, argumentou que “o trabalho voluntário é uma forma de manifestar nosso amor ao próximo e de reforçar nossa fé em Deus. Doamos nosso tempo para ajudar quem precisa e para causas que acreditamos, e assim contribuímos com uma sociedade mais humana”.

 

Receberam o título de “Honra ao Mérito” representantes das unidades da Igreja Universal do Reino de Deus em Suzano: Sede, Vila Figueira, Casa Branca, Monte Cristo, Dona Benta, Miguel Badra, Jardim Revista, Palmeiras e Raffo. O Dia do Obreiro Universal foi inserido no calendário oficial do município em 2015, por lei de iniciativa do ex-vereador Alceu Cardoso. A data é celebrada anualmente no terceiro domingo de agosto, com uma sessão solene organizada pela Câmara, em conjunto com os responsáveis da Igreja Universal do Reino de Deus.

 

Também participaram os vereadores Lazario Nazaré Pedro (Republicanos), o Lázaro de Jesus, Marcos Antonio dos Santos (PTB), o Maizena, e Marcel Pereira da Silva (PTB), o Marcel da ONG.