Ação organizada pelo Sesc São Paulo conta com diversas programações no campo das artes visuais, música, dança, teatro e acontece em 26 de agosto

A cidade de Suzano recebe o Circuito Sesc de Artes na praça João Pessoa, localizada no centro da cidade, na sexta-feira da semana que vem (26/08), das 16 às 21 horas. A ação organizada pelo Sesc São Paulo conta com apoio do Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes (Sincomércio) e da Prefeitura de Suzano que, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, que oferece o espaço para a recepção de artistas que apresentarão seus espetáculos nas mais importantes vertentes culturais, como literatura, cinema, música, circo e teatro, e de forma gratuita.

Com espetáculos por várias cidades ao longo deste mês, uma das últimas paradas do programa trará oito importantes grupos e experiências nas diversas áreas culturais.

O grupo de dança “Grua – Gentlemen de Rua”, junto das artistas Taty Dell Campobello e Luisa Brunah representarão a dança com encenação de “Corpos de Passagem”, montagem que parte da premissa de que a dança e a performance são, por natureza, meios capazes de modificar as paisagens. O fazer artístico do grupo se estabelece por meio de um processo de trocas perceptivas entre corpos dançantes e passantes, instalando uma experiência estética diferenciada aos suzanenses.

Outra das atrações é a “Fabulosa Banda Imaginária”, grupo que unirá cinema e música no “Cine Concertinho: O Fabuloso Universo dos Monstros no Cinema”, com uma apresentação de trilhas sonoras ao vivo para trechos de filmes de animação infantis. No palco, a banda executa releituras sonoras de animações em longa metragem como “A Casa Monstro”, “Hotel Transilvânia” e “Monstros S.A”.

No campo da literatura, a “Coletiva Lobas” traz a experiência “Mediar Brincar”, que faz um convite para o despertar do olhar e do riso por meio da leitura, de cantigas e brincadeiras voltadas aos mais jovens. Com um acervo diversificado de obras da literatura infantil, o livro será utilizado de formas diversas, tanto como peça de jogo, quanto na mediação, coletiva ou individual, de leitura.  

O público suzanense também terá a chance de participar da oficina “Madeira Lúdica”, que será coordenada pelo “Coletivo Construtores” representando as artes visuais e a tecnologia. A ação apresenta princípios da marcenaria por meio da construção de formas lúdicas com peças encaixáveis de madeira.

No teatro, o grupo Cia. Mungunzá de Teatro, de São Paulo, apresenta seu inédito trabalho, o espetáculo “AnonimATO”. Com grandes instalações, bonecos, perna-de-pau e música, a apresentação faz uma homenagem à produção teatral com oito figuras anônimas de uma cidade grande, tais quais uma mãe, um pipoqueiro e uma mulher-árvore. Todos eles são convocados de várias maneiras para um grande ato típico das peças teatrais a partir das 18 horas.

Também a partir das 18 horas, representando a arte do circo, a Cia. Circo Rebote estreia o espetáculo Titânia, uma narrativa inspirada em mulheres reais, com histórias de força e reinvenção feminina. Em cena, os artistas demonstram toda sua habilidade circense, como manipulação de bambolês, equilibrismos, acrobacias e demonstrações de força, tudo para demonstrar quem realmente é a personagem título do espetáculo.

Diversidade

“À medida que observa a coexistência de estéticas tradicionais e experimentais como marca de uma cultura multifacetada, a edição deste ano também compreende que a diversidade de expressões originárias de diferentes corpos e ancestralidades é objeto incontornável na direção de convívios compartilhados, que sejam plurais e dignos.”, comenta Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo.

De acordo com o secretário municipal de Cultura, o vice-prefeito Walmir Pinto, a realização de um dos dias do Circuito na cidade é um presente ao povo suzanense. “O grupo artístico do

idades do nosso estado e, por isso, ficamos muito felizes em recebê-los. Tenho certeza de que os suzanenses que comparecerem à praça João Pessoa viverão uma grande experiência enriquecedora, pois a contribuição que uma boa apresentação tem para uma pessoa é imensurável”, relatou.

Crédito das fotos: Divulgação/Sesc