Na ocasião foram verificados os documentos e as condições físicas de vans, micro-ônibus e vans que atuam nas redes pública e privada

 

A Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana de Suzano finalizou as vistorias de veículos utilizados no transporte escolar das redes pública e privada da cidade. No total foram inspecionados 339 micro-ônibus, ônibus e vans. A iniciativa é realizada nos meses de janeiro e julho e valem para o semestre letivo que está iniciando.

 

Na ocasião é conferida toda a documentação, como carteira nacional de habilitação, comprovante de curso de especialização de transporte escolar e atestado de antecedentes, e são verificadas as condições de uso do veículo, principalmente carroceria, pneus, sistema de iluminação, tacógrafo, cintos de segurança, limitadores de janela etc. O procedimento confere regularidade e é obrigatório aos transportadores que atuam em Suzano.

 

O secretário municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, Claudinei Galo, informou que esse tipo de serviço é realizado para trazer mais segurança e tranquilidade aos pais e responsáveis e a toda a comunidade escolar. “Quanto mais pudermos oferecer um trabalho de qualidade para a população, melhor. Esta ação é realizada a cada seis meses, ou seja, não tem um intervalo muito grande entre uma vistoria e outra, o que mostra que a Prefeitura de Suzano sempre está de olhos bem atentos ao transporte dos alunos”, afirmou.

 

Após essa vistoria promovida pela pasta, os motoristas precisam se dirigir à Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), que fica localizada dentro do Poupatempo, no Suzano Shopping (rua Sete de Setembro, 555 – Conjunto Residencial Iraí), para o pagamento de taxas, e à rua Benjamin Constant, 1.850, no centro, para a realização de nova inspeção, desta vez pelo órgão estadual. Após isso, o profissional retorna para a Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana para requerer o alvará autorizando a atividade de transporte escolar. O documento deve ser afixado no vidro para-brisa do veículo para ficar visível.

 

 

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano