Investimentos de R$32 milhões vão ampliar a qualidade da energia elétrica de 32 mil clientes 

São Paulo, 25 de agosto de 2022 –  A EDP, distribuidora de energia do Alto Tietê, Guarulhos, Vale do Paraíba e Litoral Norte, inaugurou hoje mais uma subestação de energia em Mogi das Cruzes. O empreendimento vai ampliar a qualidade de distribuição de energia elétrica para 32 mil clientes, beneficiando cerca de 100 mil pessoas. Nesta subestação foram investidos 18 milhões de reais e durante a execução da obra, gerados 130 empregos.

A subestação foi construída em uma área de 1.640 metros quadrados no bairro do Cocuera e entrou em operação no mês de junho, com alimentação em 34.500 Volts contando com um transformador de potência de 15MVA, além de quatro alimentadores de média tensão de 13.800 Volts. Toda a infraestrutura energética visa assegurar o crescimento econômico da cidade e da região, bem como a melhoria de qualidade do serviço fornecido.

Um moderno sistema de acústica foi instalado na subestação Nagao para evitar a propagação do som para o meio externo. Todos os transformadores funcionam com óleo vegetal, a fim de reduzir qualquer impacto ao meio ambiente. A nova unidade possui barramento de transferência, cabos de potências blindados e utiliza baterias alcalinas. Trata-se de uma subestação compacta, sendo 100% digitalizada, com supervisão, comando, controle e proteção operados de forma remota, através do Centro Integrado de Operações. “A subestação Nagao representa um importante passo da companhia para ampliar ainda mais a qualidade da energia fornecida, elevando a capacidade energética e fomentando a economia desta região. Estamos alinhados ao propósito de expandir com eficiência, segurança, beneficiando a população, as cidades e o meio ambiente”, afirmou a diretora da EDP São Paulo, Cristiane da Costa Fernandes, reiterando que com essa a unidade Nagao, Mogi das Cruzes passa a ter oito subestações.

Para conectar a subestação de Nagao ao sistema existente da EDP, foi construída uma nova rede de 8,5 quilômetros de extensão, com tecnologias de fiação compacta e protegida, mais resistentes a agentes externos como árvores e qualquer tipo de vegetação, principal fator de interferência no sistema elétrico local. Neste percurso foram implantados cerca de 150 postes, além de equipamentos de proteção e de manobras de carga. Com esse novo empreendimento Mogi das Cruzes passa a contar com 400MVA de potência elétrica.

 

Sobre a EDP no Brasil 

Presente há mais de 25 anos no País, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. Com mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, a Companhia tem negócios em Geração, Transmissão, e Soluções em Serviços de Energia voltados ao mercado B2B, como geração solar, mobilidade elétrica e mercado livre de energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,6 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Em 2021 foi eleita pelo segundo ano consecutivo a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em ESG, ocupando o primeiro lugar do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3, no qual figura há 16 anos. 

3 COMENTÁRIOS