Os moradores de Mogi das Cruzes podem se inscrever para participar da capacitação profissional para a função de soldador, que será oferecida em uma parceria entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes, o Governo do Estado e a Agência de Fomento Empresarial (AGFE). Ao todo, 60 vagas estarão disponíveis neste primeiro ciclo de atividades, que começa em 23 de agosto.

As inscrições podem ser feitas, até o dia 17 de agosto, nas unidades do programa Mogi Conecta, localizadas nos Terminais Central e Estudantes e no CIC de Jundiapeba. Os interessados deverão ter entre 23 e 45 anos, ensino médio completo e, preferencialmente, residir em Mogi das Cruzes.

O treinamento é gratuito e será realizado em uma carreta que ficará estacionada na Universidade de Mogi das Cruzes, próximo ao Terminal Estudantes. Os participantes que se destacarem durante o curso poderão ser contratados por indústrias que estão com necessidade de funcionários para esta função.

“Uma das principais diretrizes da Prefeitura para estimular a empregabilidade da população é oferecer capacitações que estejam de acordo com as necessidades do mercado de trabalho. O treinamento para soldadores vai ao encontro disso, uma vez que esta é uma função que aparece rotineiramente no programa Mogi Conecta Emprego e existe uma dificuldade para preenchimento das vagas”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Gabriel Bastianelli.

Ele lembrou ainda que empregos com especialização geralmente pagam melhores salários para os funcionários. “A capacitação é uma oportunidade para quem busca melhorar suas habilidades, crescimento profissional ou a recolocação no mercado de trabalho”, completou.

Mogi das Cruzes vive um bom momento na geração de empregos e retomada econômica pós-pandemia. A cidade foi a que mais gerou novos postos de trabalho no primeiro semestre entre os dez municípios da região do Alto Tietê. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Governo Federal, foram gerados 4.393 postos de trabalho nos primeiros seis meses de 2022.

O saldo positivo de vagas durante o primeiro semestre foi impulsionado principalmente pelos setores de Serviços, com 2.313 novas vagas de trabalho, e da Construção Civil, com 1.237 postos criados. A Indústria também teve destaque, com 483 vagas, seguida pelo Comércio, com 383 empregos.