Tremor de magnitude 5,9 causou um terremoto em uma região montanhosa explicando número alto de vítimas.

Um forte terremoto, que alcançou uma magnitude de 5,9 pontos, tirou a vida de pelo menos mil pessoas nesta quarta-feira (22). De acordo com autoridades locais, pelo menos outras 600 pessoas ficaram feridas, o que pode elevar ainda mais o número de vítimas fatais.

Esse tremor ocorreu no início da madrugada, em torno de 1h30, a 44 km da cidade de Khost, que fica perto da fronteira do Afeganistão com o Paquistão, de acordo com informações repassadas pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Terremoto aconteceu em profundidade

Esse terremoto aconteceu a 10 km de profundidade às 1h30, em uma região que tem difícil acesso perto da fronteira entre os países. O tremor de terra foi tão grande que foi sentido na capital do país, Cabul, e em outras nações, como Paquistão e Índia.

Tanto um apontamento quanto o outro, não indica um tremor muito alto, mas o que explica o tanto de vítimas fatais é que a região onde ocorreu é muito montanhosa, tendo aldeias em condições consideradas precárias.

Salto do número de vítimas fatais em terremoto

7910f74c36ed4acd7bdb90970f0a407e?source=nlp&quality=uhq&format=webp&resize=720

O número de vítimas fatais levou um grande salto do primeiro levantamento. Inicialmente foi informado que teve 280 óbitos, mas autoridades já registram mais de mil casos. O governo do país afirma que pode ocorrer um desastre humanitário. Imagens divulgadas pela imprensa afegã mostraram residências que foram reduzidas a escombros e corpos das vítimas cobertos por cobertores no chão.