A recepção de uma clínica odontológica em Belo Horizonte (MG) foi destruída por um homem enfurecido na quarta-feira, 8. O agressor, que chegou a bater em uma funcionária, alegou que sua esposa estava sentindo dores após um procedimento.

A fúria do homem começou quando ele foi informado pelas funcionárias do local que o dentista responsável estava em horário de almoço e não poderia prestar atendimento naquele instante. O homem alegava que sua esposa, atendida pelo dentista dias antes, teve um chip implantado no dente, que lhe causava dores fortes desde então.