A Polícia Federal deflagrou uma operação que tem como alvos o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura. Eles são suspeitos de montar um gabinete paralelo para liberação de verbas dentro do MEC.

Uma fonte da Policia Federal em São Paulo disse à TV Tribuna que Milton Ribeiro foi preso em Santos e que ele deve ser levado para Brasília.

A PF investiga Ribeiro por suposto favorecimento aos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura e a atuação informal deles na liberação de recursos do ministério. Há suspeita de cobrança de propina.

img 3150 1