Apresentado por Luís Carlos Miele, o programa “Cocktail” foi uma das grandes manchas na história do SBT que rendeu até uma falência

O SBT já foi uma emissora muito polêmica nos anos 1980. Em 81, nas comemorações de 10 anos de existência, Silvio Santos lançou 10 programas inéditos, entre eles o “Cocktail”, que simplesmente mostrava os seios das dançarinas nos intervalos. A atração foi tão desastrosa, que o apresentador Luís Carlos Miele chegou a falir por causa disso.

Na época, o programa tinha as Garotas Tim-Tim, que recebiam nomes de frutas para se diferenciar uma das outras. O game show era erótico, e misturava uma gincana de perguntas com striptease. Mesmo muito elegante e fino, Luís Carlos Miele comandava o tal programa, de acordo com o TV História.

Com uma audiência estrondosa, o “Cocktail” começou a receber uma série de críticas do público mais conservador, como o grupo “O Amanhã dos Nossos Filhos”, que alegava que a atração do SBT só tinha tanta audiência assim porque jovens menores de idade ficavam acordados até mais tarde acompanhando o que ia ao ar.

Luís Carlos Miele começou a ser relacionado a programas eróticos baratos, o que gerou uma grande mancha em sua carreira como comunicador. Os telespectadores também começaram a se afastar do apresentador e o “Cocktail” começou a perder cada vez mais público.

FALÊNCIA

Na época, o profissional tinha uma empresa de audiovisual, que era um grande sucesso. As inúmeras críticas que ele recebeu por trabalhar no programa do SBT, entretanto, fizeram com que seus negócios fossem por água abaixo, gerando um prejuízo digno de falência.

FIM DA ATRAÇÃO

Luís Carlos Miele revelou à revista Isto É que tinha planos para mudar o direcionamento do programa, mas Silvio Santos negou suas ideias por entender do que o povão gostava. Um ano depois, a atração chegou ao fim, dando lugar ao “Programa Sula Miranda”. O apresentador, por sua vez, foi demitido. Ele morreu em 2015, aos 77 anos, vítima de infarto fulminante.