APROVAÇÃO DA LEI MARIANA FERRER PARA PROTEGER MULHERES

0
135

O caso Mariana Ferrer movimentou o país, em dezembro de 2018 a jovem teria sido vítima de estupro, no seu antigo local de trabalho, o Café de La Musique, em Florianópolis. A jovem prestava serviço como embaixadora e influenciadora digital para o estabelecimento. Certa noite, a jovem diz ter sido dopada e estuprada por André de Camargo Aranha. Após diversas brigas judiciais, o réu foi absolvido da acusação. No entanto, nesta quarta-feira (27) o Senado Federal aprovou uma lei, que visa proteger a vítima de violência durante julgamentos, além de que o juiz se torna obrigado a zelar pela integridade da mulher nas audiências. O que motivou esse projeto de lei, foi o fato de Mariana ter sido constrangida pelo advogado, Cláudio Gastão da Rosa Filho, que defendia André.

img 9458 1 2