Se fez necessário que as cidades da região, auxiliassem a população em meio ao cenário caótico da pandemia. Sendo assim, utilizando os recursos do serviço de telemedicina.

Foto: Secop Suzano

O serviço de telemedicina não pegou o susanense de surpresa! Pois, desde abril de 2020, contamos com esse recurso. No entanto, conforme a pandemia foi se prolongando a população ficou ainda mais necessitada de um atendimento eficaz, de fácil acesso e principalmente seguro. Tornando-se ainda mais viável a adesão desse novo método de auxílio a saúde.

Dentre as finalidades dessa implantação destacam se: praticidade, acessibilidade e redução no número de cidadãos que circulam. O objetivo fica nítido, quanto menor for a concentração de pessoas em um determinado local, mais fácil de diminuir a contaminação pelo vírus. Desde o seu primeiro ano, a partir dessas medidas instaladas, já foram atendidas cerca de três mil pessoas, os números impressionam e a Prefeitura de Suzano pretende dar continuidade ao serviço, mesmo após o encerramento da pandemia.

A telemedicina entra com o intuito de proporcionar essa “ponte” entre o paciente e o médico. Graças a Central de Combate ao Coronavírus, o paciente realiza uma ligação por telefone. Após um primeiro contato, o mesmo é direcionado através de mensagens por SMS, que contém um link com a função de conduzir o paciente até uma videochamada com o médico responsável. A Central de Combate ao Coronavírus está disponível para atendimento das 8h ás 20 horas, no número 0800-484-800.

LEIA TAMBEM:  Suzano receberá loja de utilidades com 90 vagas de emprego