Na tarde desta quinta-feira (19) o governo de São Paulo anunciou o pagamento de uma bolsa de estudos no valor de R$ 1 mil destinada a alunos do ensino médio em situações de vulnerabilidade, com o objetivo de conter a evasão escolar.

Cerca de 300 mil alunos da rede estadual serão beneficiados. O valor deve ser dividido em parcelas mensais.

“Este programa é inédito no Brasil. Tanto no formato, pois estaremos pagando sempre por bimestre, e vamos continuar avançando para promover a recuperação e prevenir a evasão”, disse o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, em coletiva de imprensa nesta manhã.

Criado pelo governo de São Paulo, o programa que faz parte do ‘Bolsa do Povo Educação’ servirá para auxiliar as famílias a superarem os desafios na educação diante deste período de pandemia que impactou também, financeiramente, muitas famílias.

Por meio do novo benefício, o Governo de SP pretende manter os jovens do ensino médio na escola, estimulando a participação nas atividades e, consequentemente, melhorando a aprendizagem.

Os pagamentos serão feitos proporcionalmente ao ano letivo e estão condicionados à frequência escolar mínima de 80%, à dedicação de 2 a 3 horas de estudos pelo aplicativo Centro de Mídias SP (CMSP) e à participação nas avaliações de aprendizagem. Os estudantes da 3ª série do ensino médio devem ainda realizar atividades preparatórias para o ENEM.

As inscrições para o programa poderão ser realizadas entre 30 de agosto e 10 de setembro pelo site https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/.

Poderão se inscrever todos os alunos regularmente matriculados no ensino médio e na nona série do ensino fundamental da rede estadual, inscritos no Cadastro Único – CadÚnico.

Fonte: G1

LEIA TAMBEM:  'Gatinha da Cracolândia' é presa por tráfico de drogas em SP