Foto: Maxson Rodrigues - Secom

Com o objetivo de oferecer um atendimento educacional especializado aos alunos com deficiência auditiva, as unidades escolares municipais de Ferraz de Vasconcelos disponibilizam intérpretes de Libras (Língua Brasileira de Sinais) nas salas de aula com acompanhamento diário dos profissionais.

Ao todo, quatro professores intérpretes traçam a ponte da comunicação para cinco alunos deficientes auditivos/surdos que estão matriculados no 1°, 3°, 4°, 5° e 8° ano do ensino fundamental. Atualmente, as unidades que atendem os estudantes são as Escolas Municipais de Educação Básica (Emeb) Antônio Bernardino Corrêa, na Vila Correa, Primorosa Jorge do Nascimento, Vila Santo Antônio, Prefeito Helmuth Hans Hermann Louis Baxmann, Parque São Francisco, e Luciano Poletti, no Jardim São Luiz.

Durante as aulas, os professores contextualizam o conteúdo para toda a classe e, simultaneamente, os intérpretes traduzem o assunto da aula para o aluno com surdez. Cabe destacar que a Secretaria de Educação de Ferraz realizou no mês de julho um processo seletivo para a contratação desses profissionais que dispõem habilitação ou qualificação na Língua Brasileira de Sinais, e havendo novas matrículas, mais vagas serão abertas.

De acordo com a secretária de Educação, Adriane Alcantara, a intérprete de Libras na sala de aula garante o direito de aprendizagem desse aluno de forma significativa.

“A inclusão e acessibilidade têm grande importância, por isso, é necessário assegurar um atendimento adequado nas escolas municipais para os estudantes com deficiência auditiva, viabilizando o acesso aos conteúdos curriculares. Ter um profissional ativo auxilia no futuro desse aluno e ampara muitas famílias que possuem pouco conhecimento em Libras”, afirmou a titular da pasta.

LEIA TAMBEM:  REFIS 2021 TEM MAIS DE TRÊS MIL ACORDOS REALIZADOS EM APENAS UM MÊS