Crédito das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano

A Patrulha Maria da Penha de Suzano atendeu a um caso de violência doméstica na tarde da última semana, no Parque Buenos Aires, no distrito de Palmeiras. A vítima foi agredida e ameaçada por seu companheiro, que já havia cometido o mesmo crime antes. Com medo de ir à delegacia sozinha, ela pediu socorro aos guardas. O criminoso foi preso em flagrante.

Aproximadamente às 14h30 da última quinta-feira (15/07), o grupamento recebeu a denúncia de um possível caso de violência doméstica em andamento. Uma viatura foi imediatamente acionada para verificar a ocorrência e prestar socorro. Chegando no endereço, a vítima explicou que seu companheiro a havia atacado. Em 2018 ela registrou boletins de ocorrência contra ele e adquiriu medida protetiva, mas recentemente decidiu retomar o relacionamento. A moça então pediu auxílio da equipe para sair de casa, pois tinha medo da reação do agressor ao avistá-la indo à delegacia.

Saindo da propriedade, os guardas se depararam com o homem, que apresentou comportamento hostil ao avistar a viatura, iniciando discussão com a equipe sobre sua presença na casa. Diante do cenário, os guardas conduziram o casal para a Delegacia de Polícia (DP) de Defesa da Mulher para resolver a situação. O homem logo em seguida foi preso em flagrante e segue à disposição da Justiça.

De acordo com a comandante da Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano, Rosemary Caxito, a patrulha tem trabalhado de forma incansável no enfrentamento à violência contra a mulher com intensificação de rondas e atendimento imediato de denúncias. A corporação suzanense ainda realiza o acompanhamento constante das vítimas com medida protetiva, sempre à disposição para prestar socorro em qualquer situação que se sintam ameaçadas ou desconfortáveis.

“Infelizmente a violência contra a mulher ainda é uma realidade em muitos lares do País e precisa ser combatida. É muito importante que vítimas, familiares, amigos e vizinhos denunciem situações deste tipo sob qualquer suspeita. Só assim é possível garantir o bem-estar dos envolvidos e impedir que casos deste tipo continuem a acontecer no município”, disse.

A GCM de Suzano recebe denúncias pelo telefone (11) 4746-3297. Além deste contato, também é possível pedir auxílio pelo número exclusivo da Patrulha Maria da Penha, em (11) 4745-2150, ou pelo Disque Denúncia, no 180.