Crédito das fotos: Divulgação/Secop Suzano

A Defesa Civil de Suzano realizou um resgate de uma cadela em um trecho da Cidade Miguel Badra, próximo à divisa com o município vizinho de Itaquaquecetuba. O animal havia sido abandonado e estava preso em um banco de areia dentro do Rio Tietê. Depois de receber cuidados médicos, ela segue em tratamento em um lar temporário. O caso foi registrado na última semana.

Na ocasião, o órgão público recebeu uma denúncia de moradores da região informando sobre uma cadela ilhada no meio do rio, provavelmente abandonada e jogada de uma ponte próxima. Com as informações necessárias, os agentes imediatamente se deslocaram até o endereço para prestar socorro. Chegando lá, a equipe encontrou o animal ainda distante da margem, em desespero. Com um bote e algumas cordas, eles montaram um sistema de resgate e a salvaram.

Após acolher a cadela em segurança, a Defesa Civil identificou que ela estava debilitada e acionou o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que se mobilizou para recolher o animal e prestar os cuidados necessários. Ao ser atendida pelo médico veterinário da prefeitura, foi constatado que ela é cega, com diagnóstico de desnutrição e com uma doença transmitida por carrapatos. Após dias de apoio veterinário intensivo, ela recebeu alta e está aos cuidados de um lar temporário, ainda recebendo tratamento.

A expectativa é que, após sua plena recuperação, a cadela seja encaminhada para o projeto de adoção consciente “Baby, Me Leva!”, promovido pelo PlayPet com o apoio da pasta de Meio Ambiente suzanense. A campanha virtual, que já encontrou um novo lar para mais de 45 animais abandonados desde janeiro, iniciará a divulgação para adoção assim que ela estiver apta para ser acolhida por um novo tutor.

Para aqueles que têm interesse em ter um novo pet, o “Baby, Me Leva!” compartilha todos os animais resgatados nas redes oficiais da Prefeitura de Suzano, seja no Facebook (https://pt-pt.facebook.com/prefsuzano) ou no Instagram (www.instagram.com/prefeituradesuzano/?hl=pt-br). Os interessados podem ligar para o telefone (11) 4749-3943 e agendar um dia e horário para conhecê-los no PlayPet.

O munícipe que fez a denúncia, Dilson Cassiano, agradeceu ao rápido atendimento do órgão municipal para socorrer o animal, que já estava há muito tempo sem comer ou beber água. Segundo ele, o empenho e a dedicação dos agentes em fazer o resgate foi admirável. “Observei a ação e fiquei até sem palavras para agradecê-los. Fico feliz e contente em poder contar com a ajuda deles, são pessoas como estas que fazem com que o nosso mundo seja melhor”, ressaltou.

De acordo com o diretor da Defesa Civil suzanense, Antonio Wenzler, as equipes já se organizaram e partiram para o socorro assim que a denúncia foi recebida. “Nossos agentes são treinados e capacitados para atender às mais variadas situações, e não foi diferente com o caso da cadela ilhada. Em 20 minutos chegamos lá e já articulamos uma rápida estrutura de resgate com o bote. Com isso, pudemos trazer o animal de volta à terra firme. A sua saúde ficou por conta dos veterinários da prefeitura”, afirmou.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, André Chiang, a atuação exemplar dos agentes da Defesa Civil foi extremamente importante para salvar a vida da cadela e garantir sua segurança. “Entramos no caso com todo o suporte veterinário necessário e estamos felizes em anunciar que ela já está melhor, se recuperando aos poucos. A expectativa é que todo esse sofrimento fique para trás e logo ela encontre um novo lar. Desejamos um final feliz para ela”, concluiu.

Para informar casos de maus-tratos ou abandono de animais, a orientação é procurar a Ouvidoria Geral do Município, por meio do site www.suzano.sp.gov.br, pelo aplicativo para celular Cidadão Online, pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone 0800-774-2007.