A Secretaria Municipal de Saúde atualizou nesta segunda-feira (24/05) o cronograma de imunização contra a Covid-19 em Suzano. A nova programação prevê atendimentos na próxima quinta e sexta-feira (27 e 28/05), contemplando diferentes públicos. Entre eles, os comórbidos com idades entre 45 e 59 anos. A semana ainda deverá promover uma nova oportunidade de atendimento às grávidas e puérperas, igualmente com comorbidades, além de garantir a segunda dose para aqueles que já se vacinaram.

De acordo com o novo calendário, o primeiro dia da ação, em 27 de maio (quinta-feira), será novamente dedicado às gestantes e às puérperas maiores de idade, com comorbidades, e que deram à luz nos últimos 45 dias. Essa será a segunda oportunidade de contemplação deste público, que já participou da ação na última sexta-feira (21/05). A ideia é garantir que o maior número possível de mulheres com este perfil sejam vacinadas na cidade.

O atendimento de quinta-feira será das 8 às 17 horas, exclusivamente na Arena Suzano (avenida Senador Roberto Simonsen, 90 – Jardim Imperador), com a oferta do sistema drive-thru pela Avenida Brasil. Para a imunização, a mulher deve apresentar carteira do pré-natal, receita do medicamento atualizado com exame e/ou laudo do médico, nas versões original e cópia. Neste perfil, estão incluídas aquelas com quadro de hipertensão arterial, diabetes, hipotireoidismo, hipertireoidismo, toxoplasmose, lúpus, obesidade (IMC > 40) e outras comorbidades. Todos os detalhes podem ser conferidos no link bit.ly/CronogramaVacinaSuzano, disponível na página inicial do site www.suzano.sp.gov.br.

Além dos itens comprobatórios, nesta primeira etapa, também são exigidos documento original com foto, CPF, comprovante de endereço de Suzano no nome da beneficiada e uma filipeta oficial devidamente preenchida com letra legível. A ficha pode ser acessada e impressa no link bit.ly/FichaCovidSuzano. O pré-cadastro no site “Vacina Já” (www.vacinaja.sp.gov.br/), do governo do Estado, também é necessário.

Ainda neste dia, quinta-feira (27/05), haverá na Arena a aplicação da segunda dose do imunizante CoronaVac/Butantan para todas aquelas pessoas que já participaram da primeira etapa até o dia 5 de maio, conforme prazo estipulado. Para a segunda dose, é exigido documento original com foto, CPF e o cartão de vacinação adquirido na primeira etapa.

Já na sexta-feira (28/05), chega a vez das pessoas com comorbidades maiores de 45 anos. A ação será descentralizada, com atendimento das 8 às 17 horas e acolhimento no Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) Alberto de Souza Candido (rua Teruo Nishikawa, 570 – Jardim Gardênia Azul), na Escola Municipal (E.M) Odário Ferreira da Silva (rua Valdir Dicieri, 305 – Jardim Belém/Distrito de Palmeiras) e na Arena Suzano, novamente com a oferta do atendimento em drive-thru.

Para participar da campanha, o munícipe deve estar dentro da faixa etária prevista e apresentar algum quadro de comorbidade. Neste grupo estão incluídas as pessoas com diabetes mellitus, hipertensão arterial (estágio 3, estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo), pneumopatias crônicas graves, doenças cardiovasculares, próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados, Acidente Vascular Cerebral (AVC), doença Falciforme e talassemia, obesidade mórbida (IMC > 40), cirrose hepática e outras comorbidades que podem ser conferidos no link bit.ly/CronogramaVacinaSuzano.

Os documentos comprobatórios exigidos são o laudo médico e/ou receita médica com resultados de exames recentes, nas versões original e cópia, além da documentação de praxe para a primeira aplicação, já citada anteriormente.

Na sexta-feira também ocorre a segunda aplicação das pessoas que participaram da primeira etapa até o dia 5 de março, recebendo a dose do imunizante Oxford/AstraZeneca, conforme prazo estipulado. Para essa segunda dose, também será exigido documento original com foto, CPF e o cartão de vacinação adquirido na primeira etapa.

O secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, lembrou da importância da atenção aos documentos exigidos. “Não podemos perder tempo. Por isso, além dos itens comprobatórios, os grupos devem se atentar à documentação de praxe necessária para a primeira dose, principalmente conferindo o preenchimento da filipeta e do pré-cadastro no site do ‘Vacina Já’. Esse preparo deve ser feito, de preferência, com antecedência em casa, para que o atendimento ocorra de maneira rápida e sem filas”, lembrou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui