A cidade de Suzano é destaque no levantamento nacional “Ranking do Saneamento 2021”, elaborado pelo Instituto Trata Brasil em parceria com a consultoria GO Associados. O estudo indica que o município apresenta o 10º melhor Saneamento Básico do País, considerando as cem maiores cidades brasileiras. De 0 a 10, a nota conferida ao serviço oferecido aos munícipes suzanenses é 8,65, conforme os parâmetros analisados.

De acordo com o levantamento, Suzano ainda possui o melhor saneamento do Alto Tietê e é o 6º melhor do Estado, ficando atrás apenas de Santos, Franco, Limeira, Piracicaba, São Paulo e São José do Rio Preto. Em relação ao ano anterior, quando ocupava a 15ª colocação no ranking, a cidade avançou cinco posições. Já em 2019, o município estava em 22º lugar.

O estudo é elaborado a partir dos dados da base 2019 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), considerando os índices de acesso à água e ao esgotamento sanitário (coleta e tratamento de esgoto), população total atendida com água tratada e com rede de esgoto, tratamento do esgoto, índice total de perda de água tratada, tarifa média praticada e investimentos.

Nesta edição, de acordo com o instituto responsável pelo ranking, o estudo contou com a consultoria de entidades do setor, autoridades, empresas operadoras e Organizações Não Governamentais (ONGs) para aprimorar a metodologia aplicada.  Ao todo, foram consultadas mais de 20 entidades em três meses de trabalho. Entre as participações no levantamento estiveram técnicos da Agência Nacional de Águas (ANA), do Ministério do Desenvolvimento Regional e do Ministério da Saúde.

Para o prefeito Rodrigo Ashiuchi, o avanço nesta área indica que a cidade está crescendo e seguindo o caminho certo. “Ainda temos muito o que melhorar, mas os números mostram que a mudança é visível. E tudo isso se faz com gestão e planejamento. Em Suzano, trabalhamos para tirar do papel projetos importantes e batalhamos junto à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) para a realização deles. Ninguém faz nada sozinho, por isso agradeço o apoio do governo do Estado e todas as pessoas envolvidas neste processo, desde os deputados parceiros do município até os operários que atuam na instalação de redes de água e esgoto na cidade”, disse.

LEIA TAMBEM:  Canil da GCM detém adolescente por tráfico no Jardim Colorado

Reunião com a Sabesp

Nesta semana, o chefe do Executivo suzanense se reuniu com representantes da Sabesp para tratar do avanço em saneamento na cidade. Entre as mais recentes tratativas, estão as ligações de água que deverão beneficiar 4.853 famílias que vivem no entorno da estrada Portão do Honda, no bairro Jardim Gardênia Azul e adjacências. A expansão dos serviços de saneamento básico será feita pela Sabesp, com investimento de R$ 7,2 milhões. A expectativa é de que as obras tenham início no segundo semestre deste ano.