O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou na tarde desta quarta-feira (8), que o estado irá receber 3.000 litros de insumos para a produção do imunizante da CoronaVac, vacina desenvolvida para combater o vírus da Covid-19. As informações são do site de notícias UOL.

O material recebido será utilizado para produzir cerca de cinco milhões de doses da vacina e é a primeira remessa de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) prevista para este mês de abril.

O anúncio foi feito em uma coletiva de imprensa realizada nesta tarde, um dia após o Butantan anunciar a suspensão temporária da produção do imunizante, por conta do atraso da chegada dos insumos.

Segundo a administração estadual, a matéria-prima, vinda da China, teve o embarque autorizado na tarde de ontem e tem previsão de chegada no dia 20 de abril, podendo assim, completar a entrega de 46 milhões de doses para o PNI (Programa Nacional de Imunização) que o Instituto Butantan prometeu até o final do mês.

“Tivemos a boa notícia ontem da autorização do embarque de mais três mil litros dos insumos do IFA para a produção da vacina do Butantan aqui nas instalações do instituto em São Paulo.”, disse João Doria em vídeo na tarde de hoje.

Essa nova remessa dos insumos vai ser utilizada para o processamento de mais cinco milhões de doses da vacina. O Instituto informa que, no momento, mais de 3 milhões de doses de vacina estão no processo de inspeção de controle de qualidade, e serão entregues até o dia 19 de abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui