A Guarda Civil Municipal de Suzano (GCM) prestou auxílio nesta terça-feira (30/03) a uma gestante. Ela estava em um carro com um acompanhante em direção ao hospital quando se perderam nas proximidades do centro. Os guardas realizaram escolta e os guiaram até seu destino.

Aproximadamente às 21h10, uma equipe da GCM realizava patrulhamento de rotina próximo ao Viaduto Leon Feffer quando avistou um veículo estacionado em local incomum. Os guardas realizaram abordagem e descobriram que o motorista havia se perdido e buscava uma nova rota para o Hospital Santa Marcelina, no município vizinho de Itaquaquecetuba, pois a mulher que o acompanhava no carro era gestante e estava sentindo muitas dores abdominais.

Tendo em vista a urgência da situação, os agentes informaram a corporação e imediatamente escoltaram o veículo até o centro médico, garantindo caminho livre e ágil nas vias para a emergência. Eles chegaram no local cerca de 13 minutos depois, onde a mulher foi prontamente atendida pela equipe médica de plantão e internada para observação. Após exames, foi constatado cálculo na bexiga. Ela segue em quadro estável no hospital e realizará outros procedimentos médicos para sua melhora.

O prefeito Rodrigo Ashiuchi parabenizou a atuação dos agentes municipais que garantiram o bem-estar da mãe e de seu filho. “A rapidez dos guardas em ajudar o casal permitiu que a mulher fosse socorrida a tempo. Prestar auxílio à população é uma parte essencial do nosso trabalho. Seguimos à disposição de todos os munícipes e seguimos trabalhando em prol de sua segurança”, afirmou.

Segundo o assessor estratégico da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, Jefferson Ferreira dos Santos, os patrulhamentos preventivos realizados em Suzano são extremamente importantes para identificar e atender com prontidão emergências como esta.

Para atendimento e denúncia, a GCM de Suzano recebe ligações pelo telefone (11) 4746-3297. Desde junho do ano passado, o serviço está interligado com a Central de Segurança Integrada (CSI) para otimizar o acolhimento das chamadas.

Deixe uma resposta