A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social promoveu nesta quinta-feira (25/03) um encontro para discutir medidas de auxílio a famílias em situação de vulnerabilidade. O “Suzano contra a fome” foi realizado por meio de plataforma virtual, em respeito às normas de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Participaram da reunião o chefe da pasta, Geraldo Garippo, o secretário municipal de Educação, Leandro Bassini, a nutricionista Juliana Oliveira e representantes da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, do Banco de Alimentos de Suzano e gestores das 13 instituições parceiras da prefeitura na distribuição de alimentos.

Na ocasião, o conjunto do governo apresentou as ações de apoio voltadas à alimentação que são implementadas na cidade, assim como as iniciativas do Fundo Social de Solidariedade, do Banco de Alimentos e das pastas de Assistência Social e de Educação.

As entidades parceiras relataram seus resultados em prol de diversos bairros e debateram formas de ampliar o atendimento e a produção para pronto consumo. Todos os presentes se comprometeram a fortalecer a campanha e auxiliarem, dentro de seus limites, nas ações de combate à fome no município, visando levar maior oferta de mantimentos às suas comunidades.

Garippo ressaltou que o período difícil pelo qual todos passam exige empatia e resposta imediata por parte do poder público. Segundo ele, a gestão municipal está empenhada em ampliar a distribuição de alimentos e ajudar aqueles que mais precisam.

“Desde o início deste ano, cerca de 600 famílias cadastradas recebem cestas básicas mensalmente por meio do Centro de Referência em Assistência Social (Cras). Nós também já requisitamos ao governo do Estado de São Paulo um novo lote do programa Alimento Solidário”, afirmou.

Os interessados em se cadastrar para receber as cestas podem procurar uma das cinco unidades do Cras do município. Além de ser analisado o pedido, inclusive com visita à residência do solicitante, também é avaliada a disponibilidade de algum outro tipo de auxílio, em especial de programas do governo federal.

Paralelamente a isso, a Secretaria de Educação de Suzano realiza, desde março do ano passado, a entrega mensal de kits de alimentação escolar para alunos de famílias cadastradas no programa Bolsa Família, do governo federal, ou que estejam em situação de extrema vulnerabilidade.

Os trabalhos de distribuição de alimentos também contam com a atuação do Banco de Alimentos, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego. O setor recebe doações provenientes da produção da agricultura familiar. Atualmente, a iniciativa atende a cerca de 1,5 mil famílias cadastradas em 14 instituições do Jardim Casa Branca, Cidade Miguel Badra, Jardim Dona Benta, Raffo e do distrito de Palmeiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui