A Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria de Segurança Urbana, interrompeu a invasão de uma área pública no bairro Jardim Zélia. A ação rápida e eficiente da Guarda impediu que os barracos fossem levantados nesta quarta-feira (24).

A ação da Guarda Civil Municipal de Itaquaquecetuba esteve em uma área pública no bairro Jardim Zélia que serviu de palco para moradores vindos da Zona Leste da capital paulista. Os invasores trouxeram tábuas, portas, lonas, além de fogões e botijão de gás, com o objetivo de invadir o espaço utilizado como campo de futebol para construir moradias irregulares.

Somente em Itaquaquecetuba, há cerca de 14 mil famílias que ainda não possuem casa própria, mas estão cadastradas na Secretaria de Habitação. Por enquanto, a pasta não está fazendo novos cadastros e está pronta para coibir possíveis invasões, principalmente de grupos conhecidos como “profissionais”, que utilizam pessoas muito carentes com promessa de moradias, com isso, lidera invasões em diversas cidades da região.

De acordo com o Secretário de Segurança Urbana, Anderson Caldeira, a ação foi rápida e assertiva, o que resultou no retorno destas famílias. “A Guarda Civil agiu com muita rapidez. Há muitas invasões que são lideradas por “profissionais”, que são pessoas que coordenam as invasões. Nossa equipe ficou de prontidão e assegurou que tudo ocorresse com muita tranqüilidade”, destacou.

Já o prefeito Eduardo Boigues, explicou que a Secretaria de Habitação vai regularizar algumas moradias, mas ainda não é possível estender esse benefício para toda a população, sobretudo acolher quem vem de outras cidades. “Itaquá merece ter suas casas e vamos fazer essa regularização aos poucos.”, explica o prefeito.

Vale ressaltar que a Guarda Municipal está em alerta para coibir qualquer tipo de delito, mas a colaboração da população é fundamental nestas ações, por isso, a qualquer sinal de crime, a denúncia pode ser feita pelo 153 da GCM ou pelo 190 da Polícia militar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui