O 9º Curso de Promotoras Legais Populares, organizado pela Prefeitura de Suzano, por meio do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), teve sua terceira aula divulgada nesta terça-feira (23/03).

As atividades, voltadas ao público feminino, são colocadas à disposição de maneira virtual e gratuita, pelo canal no Youtube do órgão municipal “TV Prefeitura de Suzano” (bit.ly/TVPrefeituradeSuzano).

As mais de 300 mulheres inscritas, de diferentes regiões do país, terão acesso ao conteúdo exclusivo sobre “A organização do Estado com os Poderes Constituídos: Executivo, Legislativo e Judiciário”, ministrado pela especialista em defesa do consumidor Juliane Gallo.

Com currículo extenso em prol da luta da mulher, ela é graduada em Direito pela Universidade Braz Cubas, especialista em Defesa do Consumidor e pós-graduanda em Direito Público. Juliane colaborou na redação do projeto “Patrulha Maria da Penha” em Ferraz de Vasconcelos e também participou como integrante do Conselho Municipal de Direitos da Mulher, da mesma cidade.

Com um retorno bastante positivo por parte das alunas, o curso traz grandes nomes na militância feminina. A primeira aula, compartilhada em 8 de março, Dia Internacional da Mulher, foi apresentada pela advogada Rosana Chiavassa, com o tema “A História do Feminismo no Brasil e no Mundo”. A profissional tem longa carreira no Direito e na luta pelos direitos das mulheres, sendo participante dos estudos para a Constituinte sobre a inserção da Igualdade de Gênero, em 1987. Rosana também é uma das fundadoras da Comissão da Mulher Advogada (OAB/SP, 1987).

Já a segunda aula contou com a presença da advogada Patrícia Braga, que compartilhou o conteúdo sobre o “Direito Constitucional e as Mulheres”. Ela é mestre em políticas públicas, tendo formação sobre o feminismo e gestão pública. Ela também já ocupou a presidência da Comissão da Mulher Advogada (OAB/Suzano) e foi membro do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, entre 2016 e 2018.

Os conteúdos do curso, sempre exclusivos e gravados com o apoio da Secretaria de Comunicação Pública de Suzano, são compartilhados semanalmente, às terças-feiras, entre 17 e 19 horas, no Youtube, e divulgado nas plataformas oficiais da prefeitura. As aulas seguem até o mês de novembro, de maneira completamente virtual, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), e podem ser acompanhadas também por pessoas que não estão inscritas no curso.

A primeira-dama do município, e dirigente do Saspe, Larissa Ashiuchi, é grande defensora dos direitos das mulheres em Suzano. “Acredito que informar o público feminino sobre quais são seus direitos, trocar experiências e ouvir as histórias fortalecem o movimento e tornam a mulher suzanense cada vez mais forte”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui