Suzano e a região do Alto Tietê serão contemplados com 90 leitos destinados ao tratamento de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus (Covid-19) no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti, que fica em Jundiapeba, distrito de Mogi das Cruzes, e que está sob gerência do governo estadual.

A princípio, 30 leitos, sendo 20 de enfermaria e dez de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), vão ser entregues ainda em março, enquanto outros 60 poderão ser abertos no mês que vem. A informação foi repassada pela Secretaria de Estado de Saúde ao prefeito Rodrigo Ashiuchi, durante visita técnica realizada nesta quinta-feira (11/03) na unidade.

Acompanhado do chefe do Executivo mogiano, Caio Cunha, ele vistoriou as alas A e D. Na primeira haverá dez vagas de UTI e três de enfermaria e na outra, 17 de enfermaria. Todas as unidades serão entregues ainda em março, acolhendo pedidos do sistema da Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross), priorizando os moradores de Suzano e região.

Já o outro prédio terá capacidade para 60 leitos. Inicialmente, eles poderão ser abertos como enfermaria e, com todos os equipamentos instalados, serão ampliados para UTI. As intervenções no setor serão finalizadas após entrega das 30 primeiras vagas. “Ao todo, serão 90 leitos à disposição da região. Importante destacar que teremos a entrega dividida em duas fases, sendo a primeira com 20 de enfermaria e 10 de UTI. A segunda parte será concluída posteriormente, com 60 vagas de enfermaria, das quais metade também poderá ser transformada em UTI, ou seja, mais 30 unidades”, informou o prefeito suzanense.

A novidade foi anunciada após uma série de pedidos do Consórcio de Desenvolvimento do Alto Tietê (Condemat) e dos deputados da região, para que haja mais espaços para abrigar infectados pela Covid-19. “Esta é uma conquista de todos. Teremos em Mogi das Cruzes um hospital de referência, que certamente será de grande apoio aos municípios”, destacou Caio Cunha.