A Secretaria Municipal de Governo lançou nesta quarta-feira (03/03) o projeto “Cata-Treco Solidário”, executado pelas equipes que percorrem as ruas de Suzano recolhendo objetivos inservíveis. Agora, os materiais serão repassados à Cooperativa de Trabalho em Reciclagem Unidos Venceremos (Univence). Os itens, selecionados e vendidos a empresas da logística reversa, serão revertidos em renda às famílias cooperadas e em alimentos doados às ações sociais do município.

A iniciativa, que conta com o apoio das Secretarias de Meio Ambiente e de Manutenção e Serviços Urbanos e do Fundo Social de Solidariedade, entra em vigência a partir desta quinta-feira (04/03). Os caminhões da operação Cata-Treco recolhem móveis, eletrodomésticos e outros objetos em desuso, exceto resíduos de construção civil (entulho). O serviço também passará a contemplar o recolhimento de isopor, vidro e todos os tipos de óleo, que deverão ser entregues em garrafa PET fechada.

A expectativa é de que a demanda do Cata-Treco seja direcionada à Central de Triagem do Jardim Colorado duas vezes por semana, sendo que a arrecadação passará por todo o processo de triagem, prensa e venda do material reciclado. Metade do valor será destinado às 14 famílias cooperadas, que dependem unicamente deste serviço, e a outra será revertida em alimentos doados às ações do Fundo Social de Solidariedade.

“Os itens recolhidos pelo Cata-Treco serão destinados à Central de Triagem do Jardim Colorado, onde a cooperativa selecionará todos os materiais que poderão ser reaproveitados, como os recicláveis (papel, vidro, plástico e alumínio), além do óleo e do isopor. A iniciativa surgiu do próprio diretor Rogério Oliveira, responsável pela operação das equipes nas ruas. Avaliamos a ideia e vamos colocar em prática, ajudando no sustento de famílias, na preservação ambiental e na limpeza urbana”, detalhou o secretário de Governo, Alex Santos.

Já o secretário de Meio Ambiente, André Chiang, destacou que o trabalho de reciclagem é fundamental. “A cooperativa recebe materiais recolhidos pela coleta seletiva na cidade, por meio de parceria com a pasta de Manutenção e Serviços Urbanos, liderada pelo secretário Samuel Oliveira, e também dos nossos ecopontos, além dos próprios munícipes que trazem itens diretamente à central. Com a demanda do Cata-Treco, ampliamos o serviço e auxiliamos as famílias cooperadas. O objetivo é, em breve, expandir essa atuação também para a nova Central de Triagem do Miguel Badra, ajudando mais pessoas”, comentou.

Por sua vez, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, parabenizou a ação e agradeceu o empenho de todos envolvidos no projeto. “O repasse dos alimentos, adquiridos com o valor da venda dos materiais, completa o ciclo solidário. Um trabalho que se inicia com o cidadão comum, que direciona seus inservíveis ao Cata-Treco, termina com a ajuda ao próximo. Tenho certeza de que a ação vai auxiliar muitas famílias, além do próprio grupo de cooperados, que executa uma atividade essencial no município”, disse.

Na cooperativa, a presidente Alessandra Vieira e a secretária Ingrid Brum receberam os representantes da Prefeitura de Suzano e comemoraram a parceria. “Nossa expectativa é aumentar ainda mais a produção, sendo que mensalmente prensamos de 12 a 15 toneladas de materiais, que são vendidos a empresas da logística reversa. Assim, garantimos recursos financeiros por meio da completa reciclagem desses itens”, afirmou Ingrid.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui