A Secretaria Municipal de Governo lançou nesta quarta-feira (03/03) o projeto “Cata-Treco Solidário”, executado pelas equipes que percorrem as ruas de Suzano recolhendo objetivos inservíveis. Agora, os materiais serão repassados à Cooperativa de Trabalho em Reciclagem Unidos Venceremos (Univence). Os itens, selecionados e vendidos a empresas da logística reversa, serão revertidos em renda às famílias cooperadas e em alimentos doados às ações sociais do município.

A iniciativa, que conta com o apoio das Secretarias de Meio Ambiente e de Manutenção e Serviços Urbanos e do Fundo Social de Solidariedade, entra em vigência a partir desta quinta-feira (04/03). Os caminhões da operação Cata-Treco recolhem móveis, eletrodomésticos e outros objetos em desuso, exceto resíduos de construção civil (entulho). O serviço também passará a contemplar o recolhimento de isopor, vidro e todos os tipos de óleo, que deverão ser entregues em garrafa PET fechada.

A expectativa é de que a demanda do Cata-Treco seja direcionada à Central de Triagem do Jardim Colorado duas vezes por semana, sendo que a arrecadação passará por todo o processo de triagem, prensa e venda do material reciclado. Metade do valor será destinado às 14 famílias cooperadas, que dependem unicamente deste serviço, e a outra será revertida em alimentos doados às ações do Fundo Social de Solidariedade.

“Os itens recolhidos pelo Cata-Treco serão destinados à Central de Triagem do Jardim Colorado, onde a cooperativa selecionará todos os materiais que poderão ser reaproveitados, como os recicláveis (papel, vidro, plástico e alumínio), além do óleo e do isopor. A iniciativa surgiu do próprio diretor Rogério Oliveira, responsável pela operação das equipes nas ruas. Avaliamos a ideia e vamos colocar em prática, ajudando no sustento de famílias, na preservação ambiental e na limpeza urbana”, detalhou o secretário de Governo, Alex Santos.

Já o secretário de Meio Ambiente, André Chiang, destacou que o trabalho de reciclagem é fundamental. “A cooperativa recebe materiais recolhidos pela coleta seletiva na cidade, por meio de parceria com a pasta de Manutenção e Serviços Urbanos, liderada pelo secretário Samuel Oliveira, e também dos nossos ecopontos, além dos próprios munícipes que trazem itens diretamente à central. Com a demanda do Cata-Treco, ampliamos o serviço e auxiliamos as famílias cooperadas. O objetivo é, em breve, expandir essa atuação também para a nova Central de Triagem do Miguel Badra, ajudando mais pessoas”, comentou.

Por sua vez, a presidente do Fundo Social de Solidariedade, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, parabenizou a ação e agradeceu o empenho de todos envolvidos no projeto. “O repasse dos alimentos, adquiridos com o valor da venda dos materiais, completa o ciclo solidário. Um trabalho que se inicia com o cidadão comum, que direciona seus inservíveis ao Cata-Treco, termina com a ajuda ao próximo. Tenho certeza de que a ação vai auxiliar muitas famílias, além do próprio grupo de cooperados, que executa uma atividade essencial no município”, disse.

Na cooperativa, a presidente Alessandra Vieira e a secretária Ingrid Brum receberam os representantes da Prefeitura de Suzano e comemoraram a parceria. “Nossa expectativa é aumentar ainda mais a produção, sendo que mensalmente prensamos de 12 a 15 toneladas de materiais, que são vendidos a empresas da logística reversa. Assim, garantimos recursos financeiros por meio da completa reciclagem desses itens”, afirmou Ingrid.