Foto: Reprodução/ Gazeta do Povo

Na tarde desta quarta-feira (03) o governador João Doria (PSDB) anunciou que todo o estado de São Paulo iria regredir para a fase vermelha do Plano SP, que é a mais restritiva da quarentena. A medida entrará em vigor na primeira hora do próximo sábado (06) e deve ser estendida até o dia 19 de março.

”Estamos em São Paulo e no Brasil à beira de um colapso. Exige medidas coletivas urgentes (…) Por este motivo nós estamos atendendo à recomendação do Centro de Contingência e reclassificando todo o estado de SP para a fase vermelha a partir da 0h de sábado”, explicou Doria.

A fase vermelha autoriza apenas o funcionamento de setores da saúde, esporte, imprensa, estabelecimentos como padarias, mercados e farmácias, além de escolas e atividades religiosas, que foram incluídas na lista de serviços essenciais por meio de decretos estaduais.

”As escolas das redes públicas estadual e municipal e da rede privada vão continuar abertas, e vão atender os alunos. Exatamente como estava previsto”, disse o governador.

A mudança nas restrições tem como objetivo conter o avanço da pandemia no país, após São Paulo ter recorde de mortos por Covid-19 e internados com a doença.

Deixe uma resposta