O governador João Doria (PSDB), decretou na tarde desta quarta-feira (24) a proibição da circulação em todo o estado de São Paulo das 23h às 5h. A nova regra entrará em vigor a partir desta sexta-feira (26) e será válida até dia 14 de março.  

A medida é complementar ao plano de flexibilização econômica e foi decretada após o estado registrar maior número de pacientes com Covid-19 internados em UTI desde o início da pandemia.  

“Dado ao fato de que chegamos ao recorde de internados com Covid-19 no sistema hospitalar de São Paulo, o governo de São Paulo, atendendo expressa recomendação do centro de contingência, decreta restrição de circulação de pessoas das 23h às 5h em todo o estado, de 26 de fevereiro a 14 de março”, disse o governador. 

Doria explicou que não se trata de um ‘lockdown’, quando as pessoas são de fato proibidas de circular.  

“O transporte público não será interrompido. Ele será restringido, limitado, mas não será interrompido. Não vamos punir as pessoas que estejam retornando para casa. É um toque de restrição, não é lockdown”, disse Doria.  

Embora destaque que a nova medida será eficaz para evitar as aglomerações em bares e restaurantes que costumam ocorrer à noite, a restrição não terá efeito prático para as cidades que estão na fase amarela do plano de flexibilização.  

O governo afirmou que desta vez fará uma força-tarefa para melhor fiscalizar os estabelecimentos.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui