O menino de dois anos que engasgou com a peça brinquedo — uma ventosa, parte de uma flecha morreu hoje (28). Luiz Otávio Aquino Madureira estava internado havia 12 dias no CTI da Santa Casa, em Montes Claros (MG). Segundo a assessoria do hospital, ele teve morte cerebral. A família dele autorizou a doação dos órgãos.

A mãe de Luiz Otávio Aquino Madureira, Isabela Aquino, conta que estava com o filho na casa da avó, no domingo (17), quando o fato aconteceu. “Ele estava sentado na sala brincando normalmente, como era de costume, quando percebi que tinha uma ventosa, uma pecinha de uma flecha na boca dele. Falei para ele tirar, só que ele sugou e a peça foi parar na garganta. Imediatamente, enfiei o dedo para tentar puxar, só que estava longe, mais fundo. Meu ímpeto foi correr para o hospital”, diz.

O pai do garoto, Charles Madureira, gravou um vídeo em uma rede social comunicando o falecimento e agradeceu pelas orações feitas pela recuperação do filho. “Infelizmente, nosso guerreiro não resistiu. Agradeço imensamente a cada um de vocês que ajoelhou e clamou por Deus pedindo a misericórdia, pedindo a ressureição do nosso filho, mas foi feita a vontade de Deus. A vontade de Deus foi diferente da nossa, então chegou o último dia. Infelizmente foram feitos todos os testes e constatou a morte encefálica, não tem mais o que fazer, é só mesmo pedir a Deus para continuar dando forças para nós porque não é fácil”, falou emocionado.

Fonte G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui