Vídeo foi apagado, mas Ashley já não conseguiu fugir às consequências da divulgação das imagens

Uma enfermeira do Oregon, nos EUA, concordou em deixar de exercer a sua profissão após a postagem de um vídeo onde desdenhava as regras impostas pela pandemiadeCovid-19.

 

Ashley Grames já não trabalha para o Salem Health e assinou, voluntariamente, a sua rescisão com a instituição de saúde, enquanto ainda aguarda pela decisão da Ordem dos Enfermeiros do estado do Oregon.

A polêmica em torno da enfermeira surgiu no dia 24 de novembro, altura em que Ashley compartilhou no TikTok um vídeo onde surgia vestida de enfermeira, como estetoscópio ao pescoço, e afirmava que continuava a viajar, não usava máscara e autorizava os filhos a receber amigos. Ashley brincava ainda com aquela que seria a reação dos seus colegas se soubessem destas suas atitudes.

A enfermeira foisuspensa de funções de imediato pelo hospital, que considerou que a sua atitudedemonstrou uma grande falta de respeito pelo perigo da pandemia. Mais tarde, foi a própria admitiu o erro e a concordou em rescindir o seu contrato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui