Os três hospitais estaduais do Alto Tietê que atendem a pacientes com Covid-19 tinham média de ocupação de leitos de UTI exclusivos para a doença em 60,6% nesta quinta-feira (24), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde.

O Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, registra o maior índice, mas também é o que tem o menor número de leitos de UTI reservados para pacientes infectados pelo novo coronavírus. Segundo a pasta, 70% dos dez leitos disponíveis estão ocupados. Além dos de UTI, a unidade conta com 23 leitos de enfermaria para pacientes com Covid-19.

O Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos conta com 29 leitos destinados para casos de Covid – 19, somando 13 leitos de UTI e 16 de enfermaria. Na UTI, a ocupação era de 52,9% na quinta-feira.

O Santa Marcelina de Itaquaquecetuba conta com 62 leitos para casos de Covid-19, somando 22 de UTI e 40 de enfermaria. Na quinta a taxa de ocupação da UTI estava em 59%.

A secretaria ressalta que “o número de pacientes internados varia o decorrer do dia em virtude de fatores como altas, óbitos ou transferências para leitos de enfermaria ou UTI, por exemplo”.

Ainda de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, “um esquema especial de gestão de leitos hospitalares foi montado para dar prioridade à internação de pacientes com quadros respiratórios agudos e graves, com suporte da Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde) para as transferências”.

FONTE: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui