O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou na noite desta quinta-feira (06), duas ordens executivas para banir dois aplicativos chineses, TikTok e WeChat, caso os mesmos não sejam vendidos por suas empresas para companhias americanas.  

As ordens foram assinadas no mesmo dia em que o Senado votou, por unanimidade, um projeto de lei do senador Josh Hawley que proíbe os funcionários usarem o aplicativo através dos dispositivos cedidos pelo governo.  

O aplicativo foi criticado pelo governo de Trump, que alega ser arriscado em questões de segurança nacional, devido ao fato de ser controlado pela companhia chinesa ByteDance.  

Ambas ordens executivas solicitadas, referem-se a coleta de dados pessoais dos usuários. De acordo com as ordens, a coleta de dados permite que o Partido Comunista Chinês acesse informações pessoais e proprietárias dos americanos.