Covas cria novo esquema de rodízio de veículos em São Paulo para conter avanço do coronavírus

0
729

Na tentativa de aumentar a taxa de isolamento social e restringir a circulação de pessoas em São Paulo, o prefeito Bruno Covas (PSDB), anunciou na manhã desta quinta-feira, 7, um novo esquema de rodízio de veículos na cidade. A medida começa a vigorar na segunda-feira, 11. Vai valer para toda a cidade e não mais no centro expandido e valerá o dia todo. Nos dias pares, circulam placas de final par (0,2,4,6 e 8). E nos dias ímpares, as placas de final ímpar (1,3,5,7 e 9). A medida valerá também no final de semana.

“Questões extremas exigem medidas extremas, com isso anuncio o retorno do rodízio de forma ainda mais restritiva. Não dá pra deixar de tomar medidas como essa, com taxas de ocupção de leitos de UTI com mais de 90% na rede municipal”, disse Covas. Com isso, a Prefeitura quer tirar 50% dos carros das ruas.

Com o rodízio mais amplo, haverá reforço na frota de ônibus na cidade, com mais mil veículos e outros 600 de reserva, caso sejam necessários. “Essa é uma medida necessária para evitar o lockdown na cidade de São Paulo”, disse o prefeito. “A liberação do rodízio estava servindo como estimulante para as pessoas saírem de casa. Há pessoas que ainda não entenderam a importância de ficar em casa e voltamos com o rodízio para tentar ter um isolamento de pelo menos 60% na cidade”, afirmou o prefeito. “Além de restringir a circulação, vamos ter um ganho ambiental e de saúde, com redução de poluição, o que impacta também doenças respiratórias.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui