Secretário de habitação concede entrevista referente ao Residencial Suzano II

0
738

O secretário de Planejamento Urbano e Habitação Elvis José Vieira, concedeu na última quarta-feira (15), uma entrevista ao Programa Conectando da Suzano Agora, e o assunto comentado pelo secretário, foi referente ao Residencial Suzano II, do Jardim Europa, que até o momento não foi entregue aos sorteados para moradia.

Um dia antes, na última terça-feira (14), a Suzano Agora recebeu o munícipe Robson Aparecido, representante dos sorteados, que falou ao programa Conectando referente o processo de análise de dossiês pelo banco do Brasil, que impede desses moradores de adentrarem em seus apartamentos. Na mesma transmissão, ele realizou cinco questionamentos que foram respondidos pelo secretário na última quarta-feira (15), com mediação do Apresentador Biel Souza.

Robson Aparecido – Agora, que vocês já tiveram reunião com os responsáveis do banco do Brasil, qual a resposta que a prefeitura tem para nós, os contemplados referente a finalização das análises dos dossiês e do inicio da formulação dos contratos para assinatura e entrega das chaves?

Secretário Elvis José – A Prefeitura é responsável pelo levantamentos da documentação, que partem para o dossiê, que são entregues ao Banco do Brasil para análise. Banco do Brasil, sempre afirma que está analisando, e a Prefeitura segue de toda forma fiscalizando e cobrando rotineiramente o Banco do Brasil.

Robson Aparecido – A obra já está finalizada 98% desde 2016, e já se passaram quatro anos, e não foram finalizados os 2% que falta, que é uma Rua, de uma da entradas dos condôminos. A prefeitura nesses quatros anos não teve orçamento para pavimentar uma Rua de 20 a 30 metros?

Secretário Elvis – A obra está 82% concluída, externamente parece mais avançada, mas ainda há problemas da obras, que foi invadida, sofreu vandalismo e roubo. A segunda parte dessa resposta, é a questão da rua, e o recurso para finalização desta via já está disponível, está confirmado será realizada. Há um outro ponto que impede a abertura do local, só que esse é devido a região Norte da cidade, que não possuí ligação direto devido sistema de adutora, e isso é uma pauta presente no governo, e todo condomínio habitacional desta região precisa de sua própria estação de saneamento. 

A partir disso, a prefeitura intermediou com a Sabesp, Banco do Brasil e a construtora para uma proposta, de que a construtora responsável conecte o esgoto dentro de uma estação já existente por hora, o acordo foi fechado, inclusive ontem (Terça-feira, 14) e em torno de 90 dias possa acontecer a ligação, essa atualmente é a obra mais pesada.

Robson Aparecido – Por quê os dossiês e contratos de outros condomínios demoraram somente seis meses para analise e realização dos contratos e entregars das chaves?
E por que só no nosso condomínio, o banco do Brasil está há três anos analisando dossiês para começar a fazer os contratos dos apartamentos, por que tem uma diferença enorme assim de tempo de um banco para o outro?

Secretário Elvis – Em razão do Banco do Brasil. Quem geralmente faz esse serviço é a caixa, quando assumi a secretária fiquei surpreso ao saber que era o Branco do Brasil o responsável por esse conjunto habitacional. Cada banco possuí sua estrutura e a prefeitura cobra, esse é o limite do município.

Robson Aparecido – O erro tá no Banco do Brasil ou na prefeitura? Quem não está fazendo seu trabalho direito ou não esta tendo a transparência necessária? 

Secretário Elvis – A Prefeitura é responsável pela abertura das inscrições e montagem dos dossiês. Há análise é realizada pelo banco.

Robson Aparecido – E qual a previsão de entrega das chaves do residencial Suzano II?

Secretário Elvis – Não há data, pois está na fase administrativa que cabê ao banco.

O Secretário Elvis se colocou a disposição para mais esclarecimentos sobre o assunto.