OPINIÃO: O técnico e o craque, uma metáfora para analisar a relação entre Mandetta e Bolsonaro

0
542

ARTICULISTA FLÁVIO SILVA: Nem sempre o técnico é o líder do time, alguns são apenas os responsáveis por escalar e colocar o time em campo.

Acredito que “”falta de humildade”” é não reconhecer que as vezes o craque do time é mais importante dentro do jogo do que o próprio técnico.

Quando o jogador é diferenciado ele chama a responsabilidade para si e comanda o time dentro de campo e isso não quer dizer que ele “”não respeita a hierarquia””.

Não faz sentido um técnico sentir ciúmes ou não querer que o seu craque brilhe mais do que ele, isso não é atitude de líder, isso é ser apenas um chefe ou um comandante que dá ordens e deseja que os outros apenas obedeçam.

Observem que são nos jogos mais difíceis e nas decisões que o craque aparece e mostra o seu valor e porque recebe o nome de craque.

As vezes a vaidade excessiva do técnico que busca apenas holofotes, impede muitas equipes de serem vencedoras, por boicotar o seu craque do time, impedindo ele de jogar ou até mesmo substituindo durante a partida, apenas para mostrar que tem poder.

Toda minha admiração e respeito ao nosso CRAQUE Ministro da Saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui