Isaías Martins não estava sendo ameaçado de morte, segundo polícia

0
780

No último sábado (20), Isaías Martins Da Silva, o Isaías Pró-Moradia, que era atualmente presidente do diretório do PSDB de Suzano, foi assassinado no Jardim Varan quando saía de um condomínio, tal crime deixou diversos questionamentos, entre ele validos citar, que foi que matou Isaías e por quais motivações teriam realizado o crime. A polícia tem levado como principal motivo para investigação, uma execução premeditada. Não há presos até o momento com o caso.

Isaías Martins, de acordo com informações divulgada pela polícia, foi atingido por mais de três vezes. Supostamente os criminosos já estariam aguardando o homem sair do local. O veículo da vítima não possuía marcas de perfuração na parte externa, tais como vidro e lataria, entretanto, havia marcas de sangue vistas na porta.

As investigações estão sendo conduzidas pelo Setor de Homicídios e Proteção a Pessoa (SHPP) de Mogi das Cruzes, os investigadores do órgão procuram agora traçar a rota dos atiradores. Imagens de monitoramento próximo ao local estão sendo procuradas, em diversos ângulos que mostrem a chegada dos criminosos ao local. A vítima não havia relatado nenhum tipo de ameaça contra sua pessoa.

(Com informações do Diário de Suzano)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui