Suzano acelera andamento de obras em unidades de Saúde

0
522

Devido à pandemia mundial do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Suzano vem tomando uma série de medidas para a proteção da população, com o objetivo de reduzir o potencial de disseminação da doença. Além das ações previstas no decreto municipal 9.432/2020, está havendo a intensificação do andamento das obras em oito equipamentos públicos de Saúde, a fim de que seja possível aumentar a oferta de serviços futuramente. Quando finalizados os trabalhos, a previsão é de que os locais sejam logo abertos para atendimento.

A iniciativa envolve a construção dos novos postos da Vila Amorim e do Jardim Monte Cristo; as reformas das Unidades Básicas de Saúde (UBS) Prefeito Alberto Nunes Martins – CS II, Dr. André Cano Garcia – Boa Vista (que se tornará Pronto Atendimento) e Dr. Isaack Oguime – Parque Maria Helena, do Pronto-Socorro Municipal (PS) Adulto e da Santa Casa de Misericórdia; e de implantação da futura Clínica da Família no lugar da antiga obra da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Revista.

A Prefeitura de Suzano reforça que, embora o decreto municipal promulgado na última segunda-feira pelo Poder Executivo tenha cancelado todas as solenidades de inauguração previstas, esses locais entrarão em operação dentro dos prazos previstos com o devido anúncio à população. Entre as outras medidas administrativas tomadas estão a paralisação gradativa das aulas na rede municipal de ensino e a indicação do trabalho em casa aos servidores com mais de 60 anos, gestantes e mães com filhos de até um ano de idade.

“As tratativas para a progressão das obras no município têm como principal meta beneficiar a população com o reforço da oferta de serviços para a prevenção de todas as doenças, sem deixar de lado a atenção com a Covid-19”, afirmou André Chiang, assessor da Unidade de Planejamento e Assuntos Estratégicos (Upae).

A princípio, estão previstas para este semestre as entregas do posto de saúde da Vila Amorim, do Pronto Atendimento do Boa Vista e da primeira etapa da reforma do CS II. Cabe salientar que o adiantamento das obras não terá custos extras ao município.

“A expectativa é que os trabalhos sejam potencializados, concentrando os esforços para entregas dessas obras, que vão somar com os serviços já prestados à população. Queremos proteger as famílias suzanenses e oferecer o devido suporte àqueles que mais precisam”, concluiu o prefeito Rodrigo Ashiuchi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui