Famílias assinam contratos para 80 moradias em Palmeiras

0
970

O Complexo Educacional Mirambava recebeu nesta quinta-feira (05/03) os selecionados pelo programa “Minha Casa, Minha Vida” para assinatura dos contratos de financiamento com a Caixa Econômica Federal referentes às 80 unidades do conjunto Residencial Nova América II, que fica no bairro de mesmo nome, no distrito de Palmeiras.

Agora, com a conclusão deste processo, os beneficiários, que já haviam escolhido os apartamentos em uma etapa anterior, aguardam a entrega das chaves e a liberação para mudança. A previsão da Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação de Suzano é de que isso ocorra ainda neste semestre.

As moradias irão atender pessoas de várias partes da cidade, inclusive de áreas de risco. Todas essas famílias já estavam habilitadas para assinar os contratos e integram a Faixa 1 do programa “Minha Casa, Minha Vida”, ou seja, pagarão as parcelas do financiamento proporcionalmente à renda familiar mensal, que é de até R$ 1,8 mil. Elas estão na lista de espera desde 2009 e passaram pelo recadastramento habitacional em 2017.

Na manhã desta quinta-feira, os beneficiários foram acolhidos na entrada do Mirambava, apresentaram a documentação necessária e eram chamados para ler, conferir e assinar o contrato com a Caixa, além de tirar dúvidas com seus representantes.

Na sequência, já formalizavam o pedido para ligação de energia elétrica à EDP São Paulo e depois informavam aos membros da Rede de Bem-Estar Animal, da Secretaria de Meio Ambiente, se possuíam animais de estimação, a fim de se cadastrar e receber as orientações sobre o que fazer, quais as destinações possíveis e não os abandonar.

“A assinatura dos contratos é a garantia total para as famílias de que os apartamentos são delas. Cada um vai pagar à Caixa de acordo com a renda familiar e a sua evolução ao longo do tempo. Foi um esforço tremendo para chegarmos até aqui, inclusive para conseguir em 2017 a autorização para reintegração de posse, já que as unidades estavam ocupadas irregularmente. Enfim, são mais 80 famílias que agora têm um lugar digno para morar”, destacou o secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Elvis Vieira.

LEIA TAMBEM:  Em Minas Gerais, 196 é o número de cidades prejudicadas pela chuva, e 55 mortos

O conjunto conta com quatro blocos de 20 apartamentos cada e está localizado às margens da antiga rodovia Índio Tibiriçá (SP-31), no bairro Residencial Nova América. Ao lado fica outro empreendimento, com 200 moradias, também do programa “Minha Casa, Minha Vida”, o Residencial Nova América I, mas este ainda aguarda liberação por parte da Caixa para passar pelo mesmo procedimento.

Cartório

A documentação necessária para oficialização da matrícula e instituição do condomínio já foi protocolada no Cartório de Registro de Imóveis. Uma futura moradora foi escolhida como síndica e a primeira assembleia geral está marcada para este sábado (07/03) nas dependências do Centro Unificado de Serviços (Centrus). Na ocasião, será discutido e votado o Regimento Interno e haverá a divulgação dos próximos passos e orientações diversas.

O prefeito Rodrigo Ashiuchi também foi acompanhar os trabalhos no Mirambava ao lado do chefe da pasta, do diretor municipal de Habitação, Miguel Reis Afonso, e do vereador Antônio Rafael Morgado, e conversou com as famílias presentes.

“Era um empreendimento que estava há muito tempo parado, até ocupado irregularmente. E estamos também em contato com a Caixa para liberar o quanto antes o processo referente ao conjunto Residencial Nova América I. Parabéns à equipe envolvida e a todos pela conquista dessas moradias, que estão em um bairro de Palmeiras que ganhará futuramente uma grande escola, recebeu nova iluminação pública, entre outras melhorias”, disse o chefe do Executivo.